Adicionando NFS como Default Volume Storage no Kubernetes

Agora vamos refinar a nossa configuração do Cluster para que ela funcione da seguinte maneira. Os usuários precisam apenas criar um PVC já com um manifesto mais simplificado e ele automaticamente irá criar um PV e realizar o Bound com o Storage. Esse modelo é o que normalmente você vai encontrar quando faz uso de um cluster em uma Cloud Pública como Azure, GCP e etc. Além de tornar bem mais simples a utilização elimina também qualquer iteração manual realizando todas as tarefas de forma automatizada.

Adicionando NFS como Volume Storage no Kubernetes

Quase todas as aplicações do mundo real em algum momento precisarão persistir informações em algum lugar. Seja em um banco de dados ou em um arquivo o fato é que os containers são efêmeros. Depois que o seu ciclo de vida termina tudo que estiver em memória ou em arquivos temporários irá desaparecer, e esse é o funcionamento esperado. Para que os containers possam persistir de forma perene as informações que queremos, utilizamos volumes.